Redes de Proteção: Cores, modelos, cuidados e mais!

Saiba tudo sobre telas de proteção para janelas e sacadas, quais os modelos ideais para gatos e crianças e os cuidados que você deve ter ao instalar!

As redes de proteção são indispensáveis para quem quer garantir a segurança de crianças e animais de estimação em apartamentos e residências que ofereçam risco de queda de janelas, sacadas e varandas.

E como segurança é um assunto sério é importante ter certeza de que você está instalando um sistema eficiente que que irá de fato garantir proteção. Por isso, neste artigo você irá tirar todas as suas dúvidas sobre rede de proteção, conhecendo quais são as normas técnicas que regem a instalação e fabricação desse mecanismo de segurança, os modelos de rede disponíveis e quais podem ser utilizados para proteção e ainda como proceder para instalar redes de proteção em condomínios e apartamentos.

E mais… quais são as telas indicadas para crianças e gatos!

O que é uma rede de proteção?

Rede de proteção ou tela de proteção são termos usados para designar um conjunto de malhas entrelaçadas, não metálicas, que se destinam a proteger as pessoas contra o risco de queda.

Onde são utilizadas as redes de proteção?

As telas de proteção são muito utilizadas em janelas, parapeitos, sacadas, mezaninos, escadas, varandas para evitar a queda de pessoas, animais e objetos. Mas, também na construção civil para evitar acidentes de obra e em edifícios para prevenir a entrada de pássaros e morcegos.

redes de proteção

Porque colocar rede de proteção?

As redes de proteção são indispensáveis para quem tem filhos menores de 12 anos ou animais de estimação, pois o risco de esquecer uma janela aberta, ou da criança abrir a janela é grande. Mesmo para as pessoas que não tem filhos ou animais, mas que costumam receber crianças em casas. Como é o caso de avós que recebem seus netos e muitas vezes residem em apartamentos que oferece risco de queda. Infelizmente acidentes acontecem e os pais e responsáveis podem ser indiciados criminalmente pelo descuido do menor, mesmo quando não há um fim trágico.

No ano de 2015 houveram 612 menos de 14 anos foram internados por quedas de janelas de prédios, de acordo com o Ministério da Saúde, que considera apenas os internamentos do SUS, porém esses dados não contemplam ainda os acidentes com internações particulares, nem dados de adultos ou animais de estimação.

Como você pode conferir nessa reportagem da Globo sobre Redes de Proteção:

Redes de Proteção para Crianças

redes de proteção para criança

Quem tem filhos sabe que todo o cuidado é pouco, para quem mora em apartamentos então a melhor solução é investir em redes de proteção, a empresa Proteger Redes indica o uso da rede de polietileno com resistência de 50kg por malha e 350kg/m da Equiplex com malha de 5×5 que são indicadas para crianças e animais. Pode-se usar também a rede de proteção com malha 7×7 para crianças e idosos.

Redes de Proteção para Gatos

telas de proteção para gatos

 

A mesma rede utilizada para crianças também são indicadas para gatos, geralmente se utiliza a malha de 5×5, porém para gatos com menos de 6 meses é indicado o uso de redes com malha de 3×3 que são poucas empresas que instalam.

Como escolher as cores das redes de proteção?

Caso você more em condomínio, o ideal é consultar o síndico ou administradora se há uma padronização para as redes de proteção. Alguns edifícios determinam que as redes sejam de uma determinada cor e modelo. Se o seu prédio não tem nenhum tipo de padrão, você pode observar quais cores estão sendo usadas pelos outros moradores. Se for a primeira a pessoa a instalar, confira as nossas dicas:

modelos de redes de proteção

Existem 9 cores usuais de redes de proteção: branca, preta, prata, cristal, marrom, azul, verde, amarela e areia.

Na hora de escolher a cor da rede observe qual a cor da esquadria das janelas, qual a cor da cortina e de outras superfícies que ficarão em contraposição a rede, escolha a cor que seja menos contrastante.

A mesma coisa vale para a estrutura, no caso de haver a necessidade de perfis para a sustentação das redes, estes podem ser da cor da parede de fundo para dar um acabamento harmonioso.

Rede de proteção transparente?

rede de proteção incolor

A rede de proteção padrão Cristal ou Incolor, que seria a rede de proteção transparente, porém o acabamento final é branco, pois as tramas retorcidas não ficam completamente transparentes. Em outros países se usa a rede de proteção nylon monofilamento, que possui maior transparência, porém não é indicado pelas as normas brasileiras para proteção de janelas, sacadas, varandas ou escadas, já que possui baixa resistência.

Existe alguma Norma Técnica para instalação de Redes de Proteção?

Sim! Tanto os materiais usados quanto a instalação deve ser feita de acordo com a NBR 16046/2012, que se divide em: NBR 16046-1 (Parte 1 – Fabricação da Rede de Proteção); NBR 16046-2 (Parte 2 – Corda para a Instalação da Rede de Proteção) e NBR 16046-3 (Parte 3 – Instalação). E tratam exclusivamente de redes de proteção para janelas, sacadas, escadas, mezaninos, parapeitos, floreiras e outros lugares que necessitem de segurança.

telas de proteção

Observe que as redes de proteção de sacadas são diferentes de redes de proteção de quadras esportivas, pois enquanto uma tem a função de proteger e dar suporte ao peso do corpo para evitar acidentes, as redes de quadras esportivas, na maioria dos casos, é apenas uma rede para evitar que as bolas saiam da quadra e estes tipos de redes de quadras não são indicadas para janelas.

De que são feitas as redes de proteção?

As redes de proteção podem ser de Poliamida (Nylon) ou Polietileno, sendo que a rede em polietileno tem aspecto plástico e conta com alta resistência ao desgaste por ser impermeável, tendo a mesma resistência de tração que o aço, sendo ideal para sacadas e janelas. Enquanto a rede de Poliamida, ou Nylon, se assemelha a um tecido, ela não é impermeável, portanto acaba absorvendo água e impurezas, adquirindo com o tempo um aspecto sujo. Esta rede pode ser usada em janelas e sacadas, porém seu melhor uso é em, ambientes internos.

A Norma Técnica Brasileira determina que as redes de proteção não podem ser de material reciclado, devem resistir a propagação do fogo, suportando 50°C ou superior e com resistência de cargas de pressão longitudinal e transversal de 500 N/malha.

Instalação das Redes de Proteção

A instalação de redes de proteção deve ser feita por empresa especializada, pois o mais importante na hora da instalação é tensionar corretamente as tramas para garantir de fato a proteção contra a queda, então não basta comprar o produto sem saber como fazer o tensionamento das tramas e os testes de qualidade.

instalação de redes de proteção

Cada ambiente vai demandar uma solução específica na hora da instalação, observando principalmente os pontos de fixação dos ganchos e buchas, seja: alvenaria, madeira, estrutura metálica, etc. A distância entre cada gancho não pode passar de 35 cm.

Como escolher a empresa para instalar as redes de proteção?

Uma forma de garantir a qualidade do serviço prestado é escolher uma empresa filiada a Abrasredes –  Associação Brasileira de Empresas Técnicas em Instalação de Redes de Proteção e Segurança, o que mostra o comprometimento da empresa em estar de acordo com as leis e normas técnicas que dizem respeito aos materiais utilizados, a instalação e também ao cumprimento do uso do EPI – Equipamento de Proteção Individual pelos instaladores que evitam acidentes durante a instalação.

tela de proteção janela basculante

Mesmo assim, indicamos ao contratar uma empresa de prestação de serviços, pedir referências, ligar e conferir de perto os trabalhos anteriores do profissional ou empresa que irá fazer o serviço, pois só assim você terá a certeza de que o trabalho atenderá suas expectativas.

Seguindo essas duas dicas importantes, certamente você contratará uma empresa responsável que fará com segurança, qualidade e atenção a instalação da sua rede de proteção.

Qual a durabilidade das redes de proteção?

Os fabricantes de redes de proteção devem garantir no mínimo 3 anos de inflexão da rede, depois desse período é necessário realizar a troca, porém a durabilidade pode chegar a 8 anos, quanto menos exposta a luz solar mais durabilidade terá a rede.

No litoral é necessário usar a rede de proteção em inox, para evitar a corrosão e aumentar a vida útil da rede instalada.

Quanto custa instalar a rede de proteção?

Existem dois custos ao instalar as redes de proteção, o custo do material, em que a rede é vendida por metro linear, enquanto as outras peças de fixação por unidade; e o custo da mão de obra de cada empresa.

rede de proteção janela

O preço final varia de acordo com a área total da instalação e a dificuldade de instalação, se irá precisar de estrutura metálica, etc. Portanto é impossível definir um valor por metro quadrado, só fazendo o orçamento e verificando com as empresas da sua região.

rede de proteção

Em geral o preço por metro quadrado fica em torno de R$30,00 a R$50,00 o metro quadrado.

Dúvidas frequentes sobre as redes de proteção

Vamos tentar esclarecer as principais dúvidas sobre as redes de proteção, pode ser que a sua dúvida esteja entre elas, então preste bastante atenção, caso a sua dúvida não esteja aqui pode deixar sua pergunta nos comentários.

1 – É possível tirar a rede de proteção para limpar a janela?

Não. Se tratando de uma solução que visa a proteção, as redes de proteção são fixadas de forma que a trama fique completamente tensionada, ou seja, é impossível retirar a rede sem cortar a trama. Para limpar as janelas é preciso remover a rede e chamar novamente a empresa de instalação para tensionar a trama novamente.

2 – Moro em apartamento. Preciso informar o síndico ou a administradora do condomínio?

Sim. Algumas empresas irão dizer que não é necessário avisar, porém, pode ser que seu condomínio tenha estabelecido um padrão para a instalação de redes de proteção, especificando cores e modelos que podem ser usados e você terá que seguir esses padrões, bem como os dias e horários de instalação. Caso, esse padrão não exista, fale com o síndico e/ou administradora sobre a instalação e caso o seu pedido de instalação seja negado, por causa da alteração de fachada, você pode instalar e recorrer da multa judicialmente, a maioria dos casos prioriza a vida e não a estética da fachada.

3 – Como limpar as redes de proteção?

As telas de proteção podem ser limpas com sabão e detergente neutro e um pano úmido para tirar o pó, sem usar nenhum tipo de produto químico corrosivo, ou abrasivo, como (água sanitária, sapólio, etc).

4 – Mudei e as janelas já tem rede de proteção, como verificar se estão boas?

Verifique se as buchas e ganchos estão firmes, puxe a trama e confira a tensão da rede, visualmente a malha deve estar com a cor brilhante, o que indica que está em bom estado, verifique se a malha não tem nenhum tipo de corte ou abertura nas tramas. E se houver necessidade chame uma empresa de redes de proteção para fazer a verificação e ou troca da tela de proteção.

5 – A rede pode ser cortada com tesoura?

Sim, as redes de proteção foram projetadas para resistir a acidentes, porém elas devem ser facilmente cortadas, pois em caso de incêndio pode haver a necessidade de fuga pelas janelas e sacadas. Esta é uma exigência do corpo de bombeiros, por este motivo as redes não são metálicas.

6 – É possível instalar redes de proteção em todas as janelas?

Sim, cada modelo tem uma solução diferente, no caso de janelas basculantes (que abrem para fora) a instalação da rede é feita por dentro da parede da casa ou apartamento. As demais janelas permitem que a rede seja feita por fora do edifício.

7 – A tela de proteção pode ser fixa no drywall?

Não. O drywall, ou gesso acartonado, pode não resistir ao peso de uma pessoa e ceder.

8 – Rede de proteção altera a fachada?

Sim, porém na maioria de processos envolvendo moradores e condomínios, a proteção a vida é prioridade sobre a alteração da fachada.

“Trata-se de um cabo de guerra, estando de um lado o artigo 227 da Carta Magna, que escancara a absoluta prioridade do direito à vida das crianças e adolescentes diante do choque com outras normas, bem como o dever dos pais, da sociedade e do Estado de protegê-los de toda forma de negligência; os artigos 4º e 5º do Estatuto da Criança e do Adolescente de onde a doutrina extraiu o princípio da proteção integral, que tem como base os princípios da prioridade absoluta e do melhor interesse do menor; o artigo 5º da LINDB que orienta o magistrado a atender sempre os fins sociais da lei pensando nas exigências do bem comum; e ainda o artigo 96 do CC/02 que tipifica as benfeitorias, sendo possível enquadrar as redes de proteção como benfeitorias necessárias a um imóvel.

Do outro lado puxam a corda do cabo de guerra os condôminos apegados ao artigo 1.336 do CC/02 que expõe ser dever do morador não alterar a forma e a cor da fachada, das partes e esquadrias externas, e, também, ao artigo 10 da Lei do Condomínio Edilício que explica ser proibido alterar a forma externa da fachada, prevendo multa para os que desobedecerem a regra, bem como permitindo exceções à regra na hipótese de aceitação unânime dos condôminos.

Resta notório que, ainda que as redes de proteção, de cor padrão, fixadas de maneira permanente nos vãos e janelas do prédio para salvaguardar crianças da morte por queda, alterassem a fachada, o ordenamento jurídico dá explícitas coordenadas para que se atenda o direito fundamental à vida e à segurança de vulneráveis em detrimento de qualquer outra norma inferior.” (Blog Direito Diário)

Ou seja, mesmo estando em Norma Condominial que a fachada não pode ser alterada, judicialmente, na maioria dos casos, entende-se que se deva priorizar a segurança e a vida.

Porém, antes de entrar em um embate procure a conciliação, avise o síndico e/ou administradora, verifique se já existe um padrão a ser seguido e em último caso entre com o recurso judicial.

9 – Preciso colocar rede de proteção na janela do banheiro?

Sim. Seja para crianças ou animais de estimação é importante colocar redes de proteção até na janela do banheiro, mesmo que a janela seja alta. Infelizmente já aconteceram casos de crianças que caíram, a prevenção sempre será a melhor solução.

10 – Qual a faixa etária infantil em que é recomendado o uso de redes de proteção.

É indicado o uso de redes de proteção para crianças até os 12 anos de idade, muitas vezes mesmo pessoas que não tem filhos pequenos, mas que recebem crianças em casa com frequência costumam instalar redes de proteção para evitar acidentes.

Espero que tenha gostado do post e se a sua pergunta não está nessa lista, deixe sua dúvida nos comentários.

Até o próximo artigo!

Equipe ArquiDicas

Adicionar Comentário




Categorias

Siga o ArquiDicas

Tem um monte de conteúdo legal em todos os nossos canais. Siga e receba as melhores dicas para Casa e Jardim.